Proteção Animal, Receitas Veganas e Vegetarianas, Direitos dos Animais

terça-feira, 5 de julho de 2011

Mumu em Alvorada/RS

A Mumu tem uma consulta marcada no Hospital Veterinário da UFRGS na próxima segunda-feira, 11 de julho, 14h. O Gabriel conseguiu uma consulta a baixo custo por R$ 20,00 (o valor normalmente é R$ 50,00), mas tem a gasolina de ida e volta para Alvorada e, provavelmente, a Mumu terá que repetir o exame de sangue (em maio custava R$ 40,00), ou seja, estimo que o total dos gastos fique em torno de R$ 90,00. O Gabriel realmente não tem como arcar com isso. Por favor, se não puderem colaborar, repassem aos seus contatos, sim? O caso é bem sério! A Mumu está cada vez pior e precisa muito de ajuda, ela tem muita dificuldade em engolir a comida e isso é muito grave.

Qual o meu problema?

Quando eu ainda tinha uns seis meses, começei a apresentar um probleminha no lado interno das minhas orelhinas. Parecia fungo, e foi para isso que me trataram até aproximadamente um ano de idade, sem que o tal do problema cedesse. No inverno passado o problema começou a se agravar, até que as feridas do lado interno ganharam o lado externo das minhas doídas orelinhas. Depois foi o fucinho e ao redor dos olhos, nos cantos dos lábios, e, por fim a ponta da minha cola começou a perder pelo! Pode? Fui tratada para fungos, sarna, foi feita rapagem da pele (isso dói!) para diagnóstico que não idnicou problema algum. Suspeitou-se até de leishmaniose! (Fora isso, tenho uma sensibilidade maior que o comum a pulgas, e facilmente tenho irritações na pele e perda de pelos por isso.)
Outro problema que eu tinha era de magresa. Eu nunca parecia tão gordinha quanto meus irmãos. Um dia O Gabriel notou que eu tinha dificuldade para mastigar a ração, diferente dos meus irmaos que devoravam a comida muito rápido. Com o tempo notei que a musculatura da minha madíbula era diferente da dos outros cachorros. Onde eu deveria ter musculos fortes, não tem nada, ou praticamente nada! Daí inha dificuldade em mastigar. Por fim, hoje, não consego mais manter a boca fechada :( , o que receca ela toda, minha língua e os lábios. A ração, para engolir, tenho que empurar com a língua, mesmo se é servida de ração úmida ou pates.

Recentemente, devido ao fato de que nenhum tratamento ser suficiente para sanar meus problemas de pele, me levaram para passear. Cheguei num lugar que chamam de Hospital. O Sr. de nome Dr. Mauro, dermatologista desse tal de Hospital Veterinário da UFRGS me examinou. No exame clínico ele chegou a conclusão de que meu problema dermatológico é decorrente de um processo do meu próprio organismo(tem um nome extranho... como é...? doença auto-imune!). O sangue não sircula bem pelas extremidades do meu corpinho, o que gera pequenas necroses, escamação e perda de pêlo. :( Se não tratado, pode virar câncer de pele. :( No dia da consulta ele sugeriu uma biópsia, pois seria o único meio de um diagnóstico seguro. Nesse mesmo dia foi feito um exame de sangue. O resultado indicava que também o problema da musculatura da mandíbula decorrida de um processo metabólico, e algum problema no processamento de enzimas (não vou saber reproduzir a explicação aqui) faz com que eu tenha uma constante degeneração dos músculos. :(


Se você quiser ajudar doando comidinha pra mim (ração úmida ou patê), pode entrar em contato pelo telefone (51) 9693-6302, ou pelo e-mail vieira.bilhalva@gmail.com e falar com o Gabriel, e combinar dia, horário e local para que ele busque a doação. Se preferir pode ir a esse endereço: Travessa Sapucaia, 24, Jardim Alvorada, Alvora - RS, Cep 94853-720.

Nenhum comentário: