Proteção Animal, Receitas Veganas e Vegetarianas, Direitos dos Animais

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

SAÚDE ANIMAL - Ansiedade de separação em cães e Florais de Bach


“No momento em que tivermos dado completa liberdade a todos os que nos rodeiam, quando não mais desejarmos atar e limitar, quando não esperarmos mais nada de ninguém, quando pensarmos apenas em dar e nunca tomar, então nesse momento veremos que estamos livres de todas as coisas deste mundo: nossas cadeias se romperão pela primeira vez na vida, e conheceremos a extraordinária alegria da perfeita liberdade”.
(Edward Bach)
Os cães são animais orientados para uma vida em grupo, desde seus ancestrais, os lobos. Assim, tendem a demonstrar estresse e frustração quando deixados sozinhos.
Devido à crescente humanização dos cães, eles vêm apresentando problemas de comportamento. Ansiedade de separação são os comportamentos destrutivos que o cão exibe quando deixado sozinho. Esses comportamentos inadequados são uma resposta ao estresse pela separação da(s) pessoa(s) com a(s) qual(is) o animal tem laços afetivos (em filhotes é normal morder objetos etc.). O animal não consegue ficar só – na ausência do proprietário, angustia-se e se torna destrutivo.
Quando filhote, após a separação da mãe e dos irmãos de ninhada, terá início o período de socialização (entre 2 e 4 meses), no qual o animal se ligará  fortemente ao tutor. Porém, quando um cão fica dependente demais, poderá desenvolver alterações comportamentais associadas à separação. Roer, cavar, lamber, latir muito, urinar pela casa toda, comer fezes (coprofagia), arrancar a pele, coçar-se muito, automutilação, hiperatividade etc. são  formas de aliviar a tensão e o estresse que ele sente.
A ansiedade de separação é um distúrbio compulsivo.
Exercite seu animal. Consulte o veterinário. Consulte o terapeuta floral.
Florais de Bach indicados: Rescue, Star of Bethlehem, Honeysuckle, White chestnut, etc., devidamente recomendados pelo terapeuta floral.

BICHOS – MARTHA FOLLAIN


Fonte: www.anda.jor.br

Nenhum comentário: